Nossas duas mentes

Nossas Duas Mentes

Uma amiga me falava de seu divórcio, uma dolorosa separação.
O marido apaixonara-se por uma mulher mais jovem com
quem trabalhava e, de repente, anunciara que ia deixá-la para
viver com a outra. Seguiram-se meses de brigas amargas sobre a casa, dinheiro e custódia dos filhos. Agora, passados alguns meses, ela dizia que sua independência lhe agradava, que se sentia feliz contando apenas consigo mesma.

— Simplesmente não penso mais nele; na verdade, nem quero saber dele.
Só que, ao dizer isso, de repente seus olhos ficaram cheios de lágrimas.
Aquele lacrimejar de olhos poderia passar facilmente despercebido. Mas, por um tipo de compreensão que acontece através da empatia, os olhos marejados em uma pessoa indicam
que ela está triste, não importa o que tenha expressado em palavras. A empatia é um ato de compreensão tão seguro quanto a apreensão do sentido das palavras contidas numa
página impressa. O primeiro tipo de compreensão é fruto da mente emocional, o outro, da mente racional. Na verdade, temos duas mentes — a que raciocina e a que sente.

Esses dois modos fundamentalmente diferentes de conhecimento interagem na construção de nossa vida mental.
Um, a mente racional, é o modo de compreensão de que, em
geral, temos consciência: é mais destacado na consciência, mais
atento e capaz de ponderar e refletir. Mas, além desse, há um outro sistema de conhecimento que é impulsivo e poderoso, embora às vezes ilógico — a mente emocional. (Para uma
descrição mais detalhada das características da mente
emocional, ver o Apêndice B.)
A dicotomia emocional/racional aproxima-se da distinção que
popularmente é feita entre “coração” e “cabeça”.

Saber que alguma coisa é certa “aqui dentro no coração” é um grau
diferente de convicção — tem um sentido mais profundo —, ainda que idêntica àquela adquirida através da mente racional.

Há uma acentuada gradação na proporção entre controle
racional e emocional da mente; quanto mais intenso o
sentimento, mais dominante é a mente emocional — e mais
inoperante a racional. É uma disposição que parece ter tido
origem há bilhões de anos, quando se iniciou nossa evolução biológica: era mais vantajoso que emoção e intuições guiassem
nossa reação imediata frente a situações de perigo de vida —
parar para pensar o que fazer poderia nos custar a vida.

Essas duas mentes, a emocional e a racional, na maior parte
do tempo operam em estreita harmonia, entrelaçando seus
modos de conhecimento para que nos orientemos no mundo. Em
geral, há um equilíbrio entre as mentes emocional e racional, com a emoção alimentando e informando as operações da mente racional, e a mente racional refinando e, às vezes,
vetando a entrada das emoções. Mas são faculdades semi-independentes, cada uma, como veremos, refletindo o
funcionamento de circuitos distintos, embora interligados, do cérebro.

Em muitos ou na maioria dos momentos, essas mentes se
coordenam de forma bela e delicada; os sentimentos são.essenciais para o pensamento e vice-versa. Mas, quando surgem as paixões, esse equilíbrio se desfaz: é a mente emocional que assume o comando, inundando a mente racional. Erasmo de Rotterdam, humanista do século XVI, escreveu, sob a forma de
sátira, acerca dessa perene tensão entre razão e emoção.

Participe do 2° Workshop Online Educação Corporativa a Distância.
Faça sua inscrição no link abaixo:
http://www.gestao360ead.com.br
100% Grátis! 100% Online!

Seja bem-vindo(a) a Corporate Gestão 360!

Acesse nosso site http://www.corporategestao360.com.br

Nos siga na fanpage
Facebook.com/Corporategestao360
Curta, comente nossas postagens legais e compartilhe.

Cadastre-se em nosso Blog
http://www.corporategestao360.com.br/blog
E receba nas terças e quintas-feiras às 19h conteúdos bem interessantes sobre Gestão de Empresarial.

E conheça também nosso programa de educação corporativa a distância:
http://www.gestao360ead.com.br
Facebook.com/gestao360ead

Assista esse vídeo também sobre
Empreendedor 360° com Robson Campos & Maurício Constantino.
Qual a diferença entre Marketing & Comunicação?

Se você gostou desse conteúdo, comente e compartilhe ele para seus amigos, parceiros, colaboradores e clientes.

Vamos levar o método Gestão 360 para todo o Brasil, elevando assim o nível de empreendedorismo é gestão empresarial para o máximo de empreendedores e empresários do nosso país.

E faça parte da nossa comunidade no grupo Facebook.
https://www.facebook.com/groups/901173680041813/

Grande abraço e
Vamo que vamo!

Robson Campos .’. CEO Gestão 360
Facebook.com/robsoncamposgestao360
Palestrante l Consultor l Mentor

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s